Quando a felicidade bate à nossa porta

quarta-feira, agosto 31, 2011salua

Posso dizer, com toda segurança, que vivo um casamento feliz, mas  faltava alguma coisa, eu tinha a sensação de estar esperando por algo.

Engravidei aos 32 anos, estava tomando anticoncepcional, estava no segundo ano do curso de Direito, e modéstia à parte, estava indo muito bem, meu futuro era promissor, mas não pensei 2 vezes, tranquei o curso, por tempo indeterminado. Algo muito maior e muito mais importante precisava de minha total dedicação e atenção.

Ter um filho ainda não estava nos planos, queríamos esperar mais um pouco, pelo menos até que eu terminasse a faculdade. Então a felicidade bateu à nossa porta, antecipadamente, e nós a acolhemos com todo o amor que podemos dar.

Um filho sempre foi meu maior desejo, nossa, e como eu pertubei meu marido com isso. Sabe, chega um momento da vida de uma mulher que seu gene começa a gritar " hei está na hora de propagar a espécie!", rsrs, sei que meu marido também sentia o mesmo, embora não falasse nada. O que eu mais fazia antes de ficar grávida era pesquisar na net sobre gravidez, bebês e roupas para bebês, era uma ação involuntária, quando eu via já estava eu lá, novamente, pesquisando sobre isso.

A sensação de estar esperando por algo foi embora, o meu "algo" chegou, finalmente.

A maternidade muda totalmente a gente, eu não sou a mesma pessoa que eu era antes dele nascer e a mudança foi para melhor. Uma coisa que eu faço hoje e que morria de vergonha de fazer, e que provavelmente eu jamais faria, é cantar na frente de outras pessoas ... rsrsrs. Pois eu cantei essa semana no consultório do pediatra. Era dia de vacina e eu queria acalmar meu pequeno e graças a Deus que deu certo. Até eu fiquei surpresa comigo mesma, " Salua vc está cantando na frente de outras pessoas". Jamais cantei na frente de ninguém. Nesses 14 anos, acredito que meu marido  não tinha me ouvido cantar, e sinceramente, acho que ele não perdeu nada, minha voz é horrível, rsrsrs, mas hoje canto direto e sem me importar com o que pensem de mim.

Nosso filhote adora quando cantamos para ele, ele abre um sorriso incrível e nos olha de um jeito que não há no mundo nada que se iguale, é simplesmente incrível.

Posso dizer que agora somos mais felizes e completos, quem não acordaria feliz com pequenas  mãozinhas passeando pelo seu rosto.

Nosso filho nasceu para fazer de nós pessoas melhores e estamos nos esforçando para que nosso melhor seja cada vez melhor.

Postagens Relacionadas

0 comentários

Vai comentar!?

Adoro comentários

Beijos e fique a vontade

AS MAIS LIDAS

FALE CONOSCO