Sua vida na primeira semana sendo Mãe

domingo, agosto 21, 2011salua

Independente do tipo de parto que você escolheu o cançaso vai te atingir.

Nunca imaginei que dar a luz me deixaria tão esgotada. Cheguei em casa e tudo que eu queria era dormir, dormir e dormir. Meu corpo todo doía, e tudo que eu queria era deitar e dormir , se possível uma semama seguida sem acordar. Mas que nada ... agora eu era Mamãe, e a cada 2 horas meu anjinho queria mamar  ou simplesmente queria a mamãe por perto. 

Tinha acabado de nascer,  tudo era novo, estranho e assustador e seu único conforto nesse novo mundo era a pessoa que ele conhecia apenas pela voz (barulhinhos do intestino e coração batendo, rsrs). Então, tirando forças de não sei onde e com a barriga inchada e cheia de pontos da cesárea, eu me levantei várias vezes para pegá-lo do moisés e o coloquei diversas vezes no moisés novamente. 

Nossa vida muda radicalmente após o nascimento de um filho. Voltar para casa com o bebê no colo dá uma insegurança enorme. Enquanto estamos no hospital é só chamar a enfermeira e pronto, mas em casa sozinhos com o recém nascido a coisa muda totalmente. 

A primeira semana é bastante conturbada, tem o primeiro banho, a primeira troca de roupas, a primeira troca de fraldas, o primeiro chorinho...tem nossas primeiras lágrimas de emoção ao poder ver mais calmamente aquele pequenino ser alí nos olhando.

Ainda estamos sensíveis e choramos por qualquer coisa. Lembro da sensação estranha de voltar para casa sem meu bebê na minha barriga, ele estava no meu colo, mas eu sentia falta dele na minha barriga. Me olhei no espelho pela primeira vez sem o barrigão e chorei muito, queria minha barriga de volta, rsrs, dizem que é assim mesmo depois do parto, mas até hoje, as vezes, sinto falta da barriga. 

A primeira semana é a que mais exige da gente, é necessária muita paciência e acima de tudo tranquilidade, por isso o melhor a fazer é evitar que muita  gente venha visitar a família no primeiro mês de vida do recém nascido. 
Para amamentar é necessário sossêgo e que a mãe e o bebê estejam em paz, é um momento de união e em que mãe e filho vão se conhecer, não é preciso ter platéia para isso.

E é isso, não é nada fácil, mas com carinho e amor cheegamos lá.

Postagens Relacionadas

1 comentários

Vai comentar!?

Adoro comentários

Beijos e fique a vontade

AS MAIS LIDAS

FALE CONOSCO