Um mundo novo a cada dia

sexta-feira, dezembro 02, 2011salua

Jan já está com quase 10 meses e seu treinamento para andar está cada vez mais intenso. Engatinhar não o satisfaz mais, a necessidade de andar está cada vez maior. Ainda não tem coragem de tentar sozinho, mas pega firme nas nossas mãos em busca de apoio, apoio que damos com o maior prazer e satisfação.Optamos por não usar andador, mesmo a tentação sendo grande. Muitas pesquisas apontam para problemas relacionados ao uso, então por medidas de segurança achamos melhor não.Uma das coisas que ele vem fazendo e que me deixa derretida é apontar o dedinho para mim e dar um sorrisão lindo quando o papai pergunta para ele "onde está a mamãe?", é simplesmente a melhor coisa do mundo, não tem o que pague.Essa semana ele viveu uma esperiência nova, sua primeira tempestade com direito a muitos raios, vendaval e trovões de fazer tremer a casa. O resultado não poderia ser diferente, ele acordou chorando e muito assustado, como tudo para ele é novidade e seu mundo vai mudando a cada dia, ele teve medo do barulho e se agarrou firme em mim e enterrou a cabecinha em meu peito em busca de segurança. Eu não podia fazer muito, senão abraçar meu filhote e cantar uma cantiga de ninar que aprendi quando criança, 

Se esta rua se esta rua fosse minha
Eu mandava eu mandava ladrilhar
Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhantes
Só prá ver só prá ver meu bem passar

Nesta rua nesta rua tem um bosque
Que se chama que se chama solidão
Dentro dele dentro dele mora um anjo
Que roubou que roubou meu coração

Se eu roubei se eu roubei teu coração
Tu roubaste tu roubaste o meu também
Se eu roubei se eu roubei teu coração
É porque é porque te quero bem

 A vontade que eu tinha era de enfiar ele dentro da minha barriga novamente, me deu uma angustia tão grande e uma sensação de incapacidade frente aquilo, eu não podia fazer nada, não podia fazer o barulho parar, me deu um nervoso tão grande. 
Pecado, ele olhava para cima e depois para mim e falava " Búuu", todo asustadinho. Ele ficou numa alegria tão grande quando viu o papai entrar pela porta...o super heroi dele havia chego em casa, agora tudo estava resolvido, na verdade ele parou de chorar no momento em que viu o papai. Graças a Deus que ele veio para casa, nós estávamos precisando muito dele, nosso porto seguro.

Demos morango para para o Jan comer ontem, pela primeira vez, ele amou e comeu 2, detalhe, ele gosta de morder e comer os pedacinhos e eu adoro ver ele comendo e mastigando...é lindo.

Postagens Relacionadas

0 comentários

Vai comentar!?

Adoro comentários

Beijos e fique a vontade

AS MAIS LIDAS

FALE CONOSCO