COMO VEJO O MUNDO FILHO ACIMA DA MÉDIA

Fase de disciplina

quarta-feira, abril 08, 2015salua

Educar é muito mais difícil do que imaginamos. 




Na teoria é tudo lindo, leve e parece fácil, porém na prática, é exaustivo, nos tira do limite, é um exercício diário e contínuo. Educar e disciplinar um novo ser é a tarefa mais difícil e também a mais importante de todas, pois é aqui que moldamos o modo como ele será na vida adulta.

Existem 1001 livros que,  "ensinam" como se deve educar seu filho, sabem o que eu acho?! Pura balela!
Não existe receita, é só para ganhar dinheiro e fazer com que, nós pais, passemos a sentir que falhamos, que estamos fazendo tudo errado.

Sabem o que resolve? Ouvir seu instinto materno e paterno! Filhos precisam de limites sim, mas precisam também que seus pais se sintam seguros do que estão fazendo e, ler esse monte de literatura que está disponível nas livrarias, só faz aumentar a insegurança dos pais. Só nos faz sentir que estamos falhando, fazendo tudo errado, o que não é verdade.

Nossos pais, os pais de nossos pais e os pais dos pais dos nossos pais, não recorriam a livros e receitas para educar sus prole. Não me recordo de ver minha mãe sentada lendo "As crianças francesas não fazem manha" - o que eu duvido que seja verdade - mas me lembro dela me educando, me passando valores e ensinando o certo e o errado e de muitos dos castigos, rsrsrsr.

Valores esses que eu trago comigo, que estou passando ao meu filho, e que ele passará aos dele, futuramente, como deve ser.

Antes de mais nada, tenha uma coisa em mente, seu filho não vê o mundo como você vê. Então, tente entrar no mundo dele e não o contrário. Procure saber e compreender os motivos que o leva a ter determinada reação. Busque respeitar o espaço dele, isso é fundamental.

Então, para quem como nós, está passando por essa fase, respire, respire, respire e siga o seu coração, pois ninguém melhor do que você mesmo para saber o que fazer.

Hora de disciplina


Aos 4 anos de idade, Jan Albert, está extremamente desafiador e mau educado, sim, mau educado.

Filho, sei que mais tarde você irá vir aqui ler o que mamãe deixou escrito, saiba que eu e seu pai o amamos mais do que tudo nesse mundo. Precisamos colocar você no caminho certo e para tal algumas medidas foram necessárias...

Já faz 1 semana que Mamãe e Papai vem brigando por sua causa, pois cada um o defende do outro, e brigamos, pois divergimos sobre o modo de educá-lo.

O fato, é que você tem demonstrado um comportamento muito agressivo com relação ao seu pai e comigo, ainda não sabemos o motivo.

Anda muito rebelde, respondão, mau educado e apresentando um mau comportamento, tanto dentro de casa como fora.

Estamos cansados, e esgotados mentalmente, pois todos os dias, tem sido uma luta lidar com você. Nos enfrenta, nos desafia, não nos obedece, nos leva além do limite. Estamos tentando, estamos tentando...

Ontem, dia 27/03/205, fomos à praia, choveu, não pudemos sair do carro, também estávamos procurando uma casa para comprar, então aproveitamos para dar uma volta na cidade.

Você se comportou até bem, mas quando chegamos em casa, aí ficou tudo difícil. Você acordou antes do papai entrar com o carro na garagem, e já começou ali mesmo, dentro do carro, a fazer sua birra. Chovia muito e não queria sair do carro e também não me queria com você, mas como eu iria deixar meu bebê dormir sozinho fechado no carro?! Não queria vir no meu colo, aos berros me expulsou do carro... então tive que tirá-lo contra sua vontade.

Óbvio, isso nos deixou, a todos, muito estressados...

Foi a última briga que mamãe e papai tiveram, até agora, por causa de suas birras.

Minha ação foi a de confisco de todos os brinquedos, vídeo games, TV e jogos que você ganhou até hoje.

Conversar muito com você sobre tudo que estava acontecendo, explicar de modo que você entendesse, que o que você estava fazendo era errado e tinha que parar.

E, assim, foi feito. 

Na mesma noite tudo foi guardado e trancado em outro quarto. Deixamos apenas seus livros, canetinhas e 1 brinquedo pedagógico.

Você chorou muito, doeu muito em mim e em seu pai ter que fazer isso, mas acredite, foi necessário.

Na manhã seguinte você acordou tranquilo, me disse que eu o havia deixado "pobre", rsrsrs, sem seus brinquedos. Porém, passou muito bem o dia inteiro. Passou a obedecer, a ser cordial, e seus brinquedos foram devolvidos. Sua alegria foi instantânea.

Sei que você ainda é muito imaturo para entender que regras existem, que devem ser obedecidas, mas são necessárias.

Sabemos que é apenas uma fase de sua vida, mas está sendo difícil, para nós, lidarmos com tudo isso. há muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. 

Hoje dia 08/04/2015, você está bem mais tranquilo, aos poucos seus brinquedos estão sendo devolvidos.
Tem se comportado um pouco melhor, ainda tem seus acessos, mas está mais fácil de lidar contigo.

Aos poucos sei que você vai compreender esse mundo, te amamos.







Postagens Relacionadas

2 comentários

  1. Salua, as birras não fáceis mesmo. Eu também tenho "sofrido" com elas. Aqui começaram depois que ele começou na escola. Tenho conversado muiiiito exaustivamente. Mas aqui percebi que o comportamento dele só mudava quando chegava em casa. Tenho tentado brincar mais com ele, deixar as outras coisas de lado. Vamos ver se resolve...

    Força aí! E entendo que disciplina é necessária sim.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andreia, ninguém nunca avisou que seria assim né, rsrsrs.
      Eu também tenho largado tudo e fico com ele, e melhorou muito.
      Não temos tido crises, até o momento.
      Conversar parece não funcionar muito, ele ou não compreende ou não quer compreender.
      Beijos e força aí também!

      Excluir

Vai comentar!?

Adoro comentários

Beijos e fique a vontade

AS MAIS LIDAS

FALE CONOSCO